O Aniversário da Leal vivido com alma

O dia 17 de novembro de 2016, assinalou os 30 anos de existência da ESLC. A efeméride congregou toda a comunidade escolar e educativa numa festa de jubileu em que não faltaram enventos, surpresas, mas sobretudo, afetividades.

O dia começou com a surpresa de uma edição em papel do Jornal 100Letras espalhada pela escola, em recantos de leitura, num convite à vivência de memórias, nas entrelinhas da passagem do tempo que, como sabemos, afetou pessoas e espaços.

Alunos do Grupo de Teatro Reticências leram com alma os textos que traduziram a alma com que as pessoas viveram a sua ligação à escola. Os intervalos foram também animados pelo grupo de dança do Desporto Escolar e por uma turma de Ciências, o 12º C4, que realizou pequenos milagres ao vivo e ainda pela Rádio Onda Jovem, que dinamizou passatempos diversos com base na leitura do jornal, na sequência dos quais foram distribuídos brindes vários e cabazes com produtos dos nossos patrocinadores. Não podemos deixar de assinalar presença destes últimos, até porque sem eles este evento não teria tido o mesmo brilho: as marcas Ambar, UHU, Oxford e Grupo Impala, a papelaria Dois ao Quadrado e ainda a Junta de Freguesia de Rio de Mouro, aos quais o Jornal 100Letras digital agradece, reconhecidamente.

Para além da passagem de vídeos mais antigos, realizados pelo Centro de Produção da escola, está ainda patente no átrio superior uma exposição fotográfica apelidada “30 anos com alma” bem como um pequeno apontamento sobre o homem que emprestou durante todos estes anos o seu nome à escola, Leal da Câmara, em imagens digitalizadas e postais ilustrados gentilmente cedidos pela Casa Museu, a quem também agradecemos.

Durante a sessão de parabéns, assinala-se a presença de antigos dirigentes da escola, um reviver de memórias, uma mesma emoção, porque não foi em vão que cada um deixou a sua marca no devir da escola e a soube reconhecer ainda viva no presente.

Sentiu-se o calor do agrupamento, na presença de professores e funcionários de outras escolas e na voz de Sofia Amendoeira, que acrescentou beleza e sentir ao momento.

O 100Letras agradece a todos quantos participaram na sua edição comemorativa e assinala aqui o contributo inestimável do João Pedro Costa do 10º H4, sem o qual não haveria colunas, layout e patrocínios, bem como a contribuição excecional da sua Diretora, Lucinda Santos, que escreveu especialmente para esta edição um conto, em separata, intitulado “Em busca do Sol”.

Regista-se nesta edição mais imediata e também ela muito próxima, sem a delicadeza do papel mas com o alcance do infinito cibernético, os momentos vividos no dia em que a comunidade viveu esta festa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: