A minha “dama” é a língua portuguesa

Deixamos hoje Vasco Palmeirim e o grupo musical D.A.M.A, numa intervenção musical que parodia alguns dos erros que se cometem em português. Trata-se de uma rábula elaborada para a Rádio Comercial que, pelo seu humor crítico, esclarece a brincar aquilo que gerações de professores de Português, e não só, têm vindo a sublinhar paulatinamente nas suas aulas.

Um oceano de plástico?

Até 2050 pode haver mais plástico no oceano do que peixes!   . Um estudo lançado recentemente avaliou os impactos do vazamento de plástico nos oceanos e concluiu que, a este ritmo, o avanço destes destroços civilizacionais poderá vir a tornar-se incomportável. O desconforto que essa poluição causa aos humanos não se compara com o impacto queContinue a ler “Um oceano de plástico?”

Crónica do Regional de Surf do Desporto Escolar

“O frio é psicológico!”, dizia eu aos meus corajosos alunos que, no caminho para a terra que deu fama mundial às praias portuguesas, sentiam a chuva a bater nos vidros do autocarro e as baixas temperaturas a passar pelas frestas das janelas, embaciadas e pingadas. E o prometido foi devido: durante todo o II CampeonatoContinue a ler “Crónica do Regional de Surf do Desporto Escolar”

Texto expositivo-argumentativo: o perigo das generalizações

A polémica instalou-se entre quem defende a liberdade de expressão e quem acha que o livro Alentejo Prometido de Henrique Raposo é um amplo conjunto de banalidades sobre esta parte do nosso país. Não concebo que se utilizem as redes sociais para o comentário insultuoso, nem sou de redes sociais, muito menos de insultos. Porém, lendo o excerto doContinue a ler “Texto expositivo-argumentativo: o perigo das generalizações”